83,4% das vacinas contra Covid-19 já foram aplicadas em Guarapuava; veja como foi a vacinação hoje (21)

No total, 1.279 pessoas já receberam a primeira dose

Neste segundo dia oficial da Campanha de Vacinação, foram aplicadas mais 422 doses da vacina contra a Covid-19 em Guarapuava. No total, 1.279 pessoas já receberam a primeira dose (83,4% do lote destinado ao município).

“Estamos muito satisfeitos com a campanha e aplicação in loco. A prioridade são os profissionais que estão na linha de frente realizando coletas de exames, atendendo pacientes (casos positivos) seja no pronto atendimento ou nas UTI’s. É muito gratificante ver a sensação de tranquilidade que a vacina traz para os profissionais”, explicou a chefe do Departamento de Vigilância em Saúde e coordenadora da Campanha, Chayane Andrade.

O trabalho volante da Vigilância Epidemiológica, com apoio da Guarda Patrimonial e da Secretaria de Trânsito, encerrou às 17h. Hoje (21), as equipes foram até os hospitais Santa Tereza e São Vicente de Paulo, para proteger médicos, enfermeiros e demais profissionais que atuam na linha de frente de combate à pandemia, especialmente nos setores de UTI e Pronto Atendimento.

“A gente está desde março atendendo os pacientes e tentando convencer o pessoal de ficar em isolamento, seguir as medidas tudo certinho. A importância é de realmente podermos ter esperança de que vá diminuir os internamentos tanto no (Hospital) Regional e os quadros respiratórios que vem pra cá. Vamos manter as medidas e ter um pouco de paciência que ela chegará pra todos”, declarou Marcos Barros, médico da UTI do HST.

Os 29 idosos do Serviço de Obras Sociais (S.O.S) Airton Haenisch, que têm uma média de 80 anos, foram imunizados juntamente com os funcionários. “Sensação boa! É difícil porque temos que cuidar daqui e lá fora, minha esposa está doente e não podemos sair. Se Deus quiser vai acabar essa pandemia”, declarou o cuidador Marcos Chagas.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Call Center, monitora a saúde dos idosos desde o início da pandemia e realiza semanalmente testes de RT-PCR. Foi registrado apenas um caso de contaminação entre os asilados, mas o paciente era assintomático. A realização do teste impediu que mais idosos fossem contagiados.

“Seguimos rigorosamente os protocolos de higiene e tomados todos os cuidados. Estamos enclausurados desde março e não recebemos visitas, os grupos que entretiam os idosos deixaram de vir, modificamos os horários dos funcionários, a rotina de higiene e de trocas de uniformes. Apesar da tristeza da falta de convívio externo, nós temos a alegria de não ter problema nenhum, principalmente, a partir de hoje com a vacinação de todos. Estamos todos felizes de receber a primeira dose”, declarou Leônidas Ribas, de 78 anos, diretor do S.O.S.

Segundo a Irmã Joana Gelinski, de 70 anos, estão todos ansiosos para poder sair passear pela cidade.

“Nós queremos sair, os idosos querem sair. Vou tirar uma foto e mandar pra família pra mostrar que eu já to começando a ser imunizado. Nós atendendo e atendendo os outros pra não pegar o vírus. Muito Obrigado Meu Deus, já estamos sendo atendidos”, disse emocionada.

Além a imunização nos hospitais e no asilo, foram vacinados profissionais do Câncer Center, Clínica de Doenças Renais, e de UBSs (612 profissionais). Amanhã a aplicação continua no Hospital Regional e no Serviço de Pronto Atendimento.

NÚMEROS

Nesta quinta-feira (21), a Secretaria Municipal de Saúde divulgou o resultado de mais 34 casos; destes, 13 são de testes rápidos feito hoje. Com isso, a cidade tem 727 casos ativos, totalizando 6.151 pessoas contaminadas durante a pandemia, com 5.349 pessoas já recuperadas da Covid-19, ou seja, 86,96% dos casos.

As informações são da Secretaria de Comunicação Social (Secom).