PM apreende maconha, crack, cocaína e LSD no bairro Vila Bela

Os policiais também encontraram outros itens ligados ao tráfico, além de R$ 3,5 mil

A Polícia Militar (PM) de Guarapuava apreendeu, na tarde desta terça-feira (5), uma grande quantidade de maconha, cocaína, crack e LSD em uma residência utilizada para armazenamento de entorpecentes no bairro Vila Bela. 

Os policiais militares recebem essa informação por volta das 13h30 e se deslocaram até o endereço para verificar. Nas proximidades, notaram a presença de um homem que, ao ver a viatura, correu pelos fundos do pátio e fugiu por um matagal. 

Devido a isso, os agentes entraram na residência e verificaram a presença de diversos tabletes de maconha já embalados e prontos para a venda. A droga estava no chão de um quarto e em uma máquina de lavar; em uma mochila foram localizadas diversas porções de cocaína, além de um tablete maior de crack e pontos de LSD. 

“Dentro de uma caixa de papelão, foram localizados diversos maços de cigarro fechados e diversos pacotes de macarrão instantâneo, sendo possível constatar que tanto os cigarros quanto os sachês de tempero do macarrão instantâneo estavam recheados com a droga do tipo maconha”, consta no BO. 

No total, os policiais encontraram 17 tabletes grandes de maconha e três pequenos, que totalizaram 9,630 kg; uma porção grande e oito médias de cocaína, com peso de 430 gramas; várias porções grandes de crack, que totalizaram 690 gramas; 885 pontos de LSD; 85 pacotes de macarrão instantâneo com maconha nos sachês e 59 carteiras de cigarros recheados com maconha. 

PRISÃO

Além das substâncias ilícitas, os policiais encontraram, na sala da residência, diversos documentos pessoais e de veículos. No local estava um caderno de contabilidade com informações relativas ao tráfico de drogas, duas balanças de precisão, dois carregadores de rádio comunicador e um celular. 

A PM notou que a caixa de papelão em que estavam os sachês e os cigarros havia sido despachada via Correios, e que em sua lateral estavam informações de remetente e destinatário de São Paulo a Guarapuava. 

O endereço na cidade é de um homem (43 anos), foragido da Justiça e já conhecido dos policiais por envolvimento com tráfico. Na residência, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a delegacia. 

No imóvel foram encontradas uma arma de fogo carregada com dez munições, além de um carregador com oito munições, um caderno de anotações relativas ao tráfico, três correntes de ouro, dois celulares e a quantia de R$ 3,5 mil.