Mulher é presa suspeita de tráfico de drogas no bairro Cascavel, em Guarapuava

De acordo com a PM, na residência em que ela estava foram encontradas substâncias análogas à maconha, cocaína e crack, além de objetos suspeitos

Uma mulher (33 anos) foi presa na madrugada desta quarta-feira (20) suspeita de envolvimento com tráfico de drogas no bairro Cascavel, em Guarapuava. 

A ocorrência teve início por volta das 4h30, quando, durante um patrulhamento, policiais militares viram um homem pulando o muro de uma residência; ele recebeu voz de abordagem, mas não acatou. 

O boletim da PM relata que os agentes foram até a casa e conversaram com a moradora (33 anos). Ela afirmou que ouviu barulhos, mas não conseguiu dar informações sobre o homem avistado anteriormente.

“[…] porém não soube relatar se a pessoa que se evadiu da equipe adentrou algum cômodo do local devido estar em obras e algumas peças da casa não possuir forro, solicitando para a equipe para que fossem efetuadas buscas no local”, consta no BO. 

A mulher disse aos agentes que mora sozinha no local há aproximadamente 30 dias, e que não possui amigos ou familiares na cidade. 

O BO aponta que foram feitas buscas na residência, mas o homem não foi localizado; no entanto, os policiais notaram um quarto trancado e com as luzes acesas. Quando foi solicitado para que a mulher abrisse o cômodo, ela passou a se contradizer, segundo a PM, dizendo que não sabia o que havia dentro. 

A equipe fez perguntas e ela acabou relatando que era do Estado de São Paulo e que havia sido “contratada” para morar e cuidar do imóvel para um homem. “[…] que em dias alternados ele avisava que ‘apareceriam’ pessoas desconhecidas no local e solicitariam a chave do quarto trancado”, completa. 

DROGAS

Os policiais militares conseguiram ver por uma fresta uma balança de precisão de algumas embalagens. Dentro do quarto foram encontradas duas prensas industriais e várias peças de ferro, além de quatro logotipos usados comumente para marcar tabletes de cocaína, segundo o BO. 

Também foram encontrados três pacotes plásticos com substância análoga à cocaína, que pesaram 2,005 kg, um pacote com droga do tipo MD ou cristal, pesando 600 gramas, três porções de crack, embaladas em plástico filme, e metade de um tablete da mesma droga, que juntos pesaram 628 gramas. 

No local também estavam vários rolos de plástico filme, pacotes de embalagens para acondicionar drogas, um liquidificador e uma espécie de estufa, que estava sendo usada para secagem de entorpecentes – um total de 897 gramas. A PM encontrou ainda um carregador de pistola 9mm com capacidade para 50 munições. 

A mulher recebeu voz de prisão pelo crime de tráfico de drogas e foi levada para a delegacia.