Morador do Residencial 2000 tem casa invadida enquanto fazia tratamento de saúde em Ponta Grossa

Conforme a PM, uma mulher (38 anos) que estava no imóvel confirmou que invadiu a residência e que a mesma estava vazia

Um morador do Residencial 2000 teve uma surpresa ao chegar em sua residência após um longo período em outra cidade. O homem encontrou outras pessoas morando na casa.

A Polícia Militar (PM) foi chamada por volta das 15h na rua dos Eletricistas para atender uma situação de invasão de propriedade.

Lá, um homem (59 anos) contou que foi levado para Ponta Grossa para fazer um tratamento de saúde, e que sua casa que fica na rua dos Desenhistas estava fechada desde o ano passado devido a isso.

Agora, o senhor retornou à Guarapuava, mas encontrou pessoas desconhecidas morando na casa.

Diante da situação os policiais acompanharam o morador até a residência. Lá, uma mulher (38 anos) atendeu a equipe e confirmou que invadiu a casa que estava vazia.

Na presença da PM as partes fizeram um acordo, onde a autora deve sair em até 15 dias. Os policiais fizeram as demais orientações cabíveis.