Casa fica destruída após incêndio na vila Concórdia; homem é suspeito de atear fogo

Segundo o BO, populares relataram que o suspeito de atear fogo no imóvel passou o dia discutindo com uma mulher (42 anos)

Uma residência localizada na vila Concórdia, no bairro Boqueirão, ficou completamente destruída após ser atingida por um incêndio neste sábado (25). 

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar (PM), uma equipe policial estava ao lado da UBS da Concórdia quando foi informada por populares que um homem teria ateado fogo em uma residência. 

“No local a casa já estava completamente tomada pelas chamas, sendo que alguns moradores ainda tentavam salvar um cachorro que encontrava-se amarrado”, diz o BO. 

O 12° Grupamento de Bombeiros (GB) deu atendimento à ocorrência, conteve as chamas e conseguiu salvar o cachorro, que estava preso. 

“A equipe foi informada por populares, que o autor do incêndio seria um masculino e que este teria passado o dia todo discutindo e agredindo a sua esposa”, completa a PM. 

O homem fugiu do local após o início do incêndio, mas a vítima (42 anos) informou que, no período da manhã, teve uma discussão e foi agredida pelo homem, e que fugiu para a casa da sua cunhada. “Que ele disse para a mesma, que se ela tentasse se separar, ele iria atear fogo na casa”, acrescenta o BO. 

A mulher foi orientada quanto às medidas cabíveis pelos policiais militares.