Cultura

Série de HQs de terror comemora aniversário com edição especial

A partir desta sexta-feira (26/outubro), a ‘Calafrio Especial Mangue Negro’ estará disponível aos leitores de todo o Brasil. Com 84 páginas, o número especial é dedicado ao universo cinematográfico de Rodrigo Aragão
(Foto: Reprodução)

E se passaram três anos. Muito sangue, suor e páginas impressas pra contar tudo isso. Desde que o editor Daniel Saks resolveu relançar as clássicas revistas “Calafrio” e “Mestres do Terror”, o fã do quadrinho nacional vem tendo a oportunidade de rever/conhecer histórias lendárias produzidas pela geração de Rodolfo Zalla (1931-2016) e se aventurar pelo material inédito do novo terror tupiniquim.

“Estamos em aniversário do relançamento de nossas séries favoritas de terror. Faz três anos que ‘Calafrio’ e ‘Mestres do Terror’ foram relançadas com o mais divertido e tradicional horror em quadrinhos para todos nós”, diz Saks, em comunicado à imprensa.

Para comemorar o feito, o editor anunciou uma edição especial da “Calafrio”, disponível a partir desta sexta-feira (26/outubro). “De lá para cá foram quinze edições, e nada mais justo do que celebrarmos com uma edição especialíssima, que já é planejada desde o lançamento de ‘Calafrio’ 53 e ‘Mestres do Terror’ 63 em novembro/2015”.

Assim, a edição especial “Mangue Negro” é sobre o universo de filmes do cineasta brasileiro Rodrigo Aragão. A revista tem “as cinco HQs produzidas pelo mestre Zalla e Sidemar de Castro ambientadas com os temas do universo dos filmes de Rodrigo Aragão, e mais um material informativo”, detalha, acrescentando que a capa é uma produção de Chibba, costumeiro colaborador das revistas editadas por Saks.

A edição especial da “Calafrio” tem 84 páginas, no formato tradicional 20,5 x 28cm, por R$ 25.

CUSTOS

Para divulgar e comercializar as duas revistas, o editor sempre participa de eventos nerds e culturais. Ele informa que graças aos encontros de setembro em Curitiba, caso da Bienal Internacional de Quadrinhos, a editora independente reuniu recursos financeiros suficientes para bancar o novo número da revista. “Esta será a primeira edição cujo orçamento de lançamento saiu todo do caixa, sem precisar pôr dinheiro do bolso”.

Inclusive, a “Calafrio Especial Mangue Negro” terá tiragem ampliada devido a um acordo com o diretor Rodrigo Aragão.

ENTENDA

Formado e atuante na área de engenharia química, Daniel Saks sempre se interessou pelo universo dos quadrinhos. Primeiro, na condição de colecionador; e, nos últimos três anos, como editor independente.

Com a autorização do mestre Rodolfo Zalla, desenhista argentino radicado no Brasil, Saks e o então sócio Fábio H. Chibilski passaram a publicar as revistas “Calafrio” e “Mestres do Terror” em novembro de 2015, retomando a numeração histórica que fora interrompida nos anos de 1990. “O Zalla gostou muito e ficou impressionado com a viabilidade econômica”, lembra Saks, referindo-se ao criador dessas duas revistas.

O editor Daniel Saks caracterizado como zumbi e um exemplar de uma das revistas

Segundo o editor, o lendário desenhista já tinha muitos problemas de saúde e idade avançada para continuar com as publicações. Infelizmente, Zalla morreu em 2016 e não viu a continuidade do projeto.

Um tempo depois, Saks ficou sozinho na empreitada e, de lá pra cá, continua editando periodicamente as duas revistas.