Guarapuava, 14 de novembro de 2019
Região

De acordo com a administração, foi firmada uma parceria com a Associação para o Desenvolvimento Habitacional Sustentável de Santa Catarina (Adehasc) para a cooperação técnica para a regularização

-

Uma audiência pública realizada nesta quinta-feira (5 setembro) movimentou a comunidade de Lagoa Seca, em Candói (a pouco mais de 60 km de Guarapuava). Mais de 150 moradores participaram da reunião, que tratou da regularização fundiária na região.

De acordo com a assessoria da Prefeitura, foi firmado um acordo de cooperação técnica com a Associação para o Desenvolvimento Habitacional de Santa Catarina (Adehasc), que auxiliará no processo.

“[...] atendendo a pedidos dos moradores, já que a maioria possui apenas um ‘título de posse’, não reconhecido em cartório, o que dificulta a realização de financiamento e vendas”, apontou a assessoria.

Atualmente, a Lagoa Seca possui aproximadamente 220 lotes, e a maioria está em situação irregular. Após a reunião, os moradores irão entregar a documentação necessária para a associação, que fará a regularização.

“Após análise da documentação, será realizado um levantamento topográfico de todos os terrenos da comunidade”, acrescentando que uma segunda audiência foi realizada nesta sexta-feira (6), na localidade de Bela Vista.

A tendência é que a Adehasc intensifique os atendimentos neste sábado (7) e domingo (8), e também durante a próxima semana.

DOCUMENTAÇÃO

Para dar início ao processo de regularização fundiária é necessário apresentar CPF e RG do responsável pelo imóvel, certidão de nascimento ou casamento, contrato de compra e venda, comprovante de residência, comprovante de renda, documentos que comprovem a existência do lote há mais de cinco anos e o nome dos vizinhos confrontantes.

(Foto: Assessoria)

TERCEIRA IDADE

A Secretaria de Assistência Social de Candói informou através de nota que, a partir de 13 de setembro, a população idosa poderá realizar exercícios laborais no Ginásio Municipal de Esporte Vereador João Luiz Corrêa.

As atividades serão realizadas todas as sextas-feiras, das 9h às 10h, e supervisionadas por um profissional da área.

Os interessados deverão fazer a inscrição antecipada na Assistência Social (avenida XV de Novembro) até 12 de setembro.

Veja Também