Guarapuava, 18 de fevereiro de 2020
Esporte

A principal divisão do campeonato profissional de futebol do Estado inicia no próximo fim de semana (dias 18 e 19), com o duelo entre times interioranos e o Trio de Ferro. Para este ano, a transmissão dos jogos na telinha será apenas via streaming

-

Sem TV aberta (mas com streaming), nova fórmula e a velha disputa entre Capital e Interior. Assim lhe parece o Paranaense 2020.

A principal divisão do campeonato profissional de futebol do Estado inicia no próximo fim de semana (dias 18 e 19 janeiro), com o duelo entre times interioranos e o Trio de Ferro. A esperança do torcedor longe de Curitiba é ver um dos pequenos clubes quebrar a hegemonia da Capital.

Ao longo da história centenária do Paranaense, foram poucos os casos de equipes do Interior que se sagraram campeãs. Londrina, Paranavaí, Operário Ferroviário (Ponta Grossa), Iraty, Grêmio (Maringá), Cascavel, Monte Alegre (Telêmaco Borba) e Comercial (Cornélio Procópio) são as raríssimas exceções.

Na temporada de 2020, a primeira equipe que entra em campo tentando surpreender é o Clube Esportivo União. No sábado (18), às 17h, o Azulão receberá o Athletico (atual campeão) em Francisco Beltrão, no Estádio Municipal Anilado.

O União retorna à elite do futebol paranaense após disputar a Divisão de Acesso em 2019. Aliás, o time beltronense ficou com o vice-campeonato da Segundona, em final contra o PSTC Procopense (outro que retornou à Primeira Divisão).

Em entrevista ao Jornal de Beltrão, o vice-presidente do União, Ivo Sendeski, diz que a expectativa é de se manter na elite, buscando vaga na Série D do Campeonato Brasileiro e até mesmo a Copa do Brasil. “A gente sabe que não vai ser fácil, mas vamos buscar essas metas. Para chegar na Série D, é preciso classificar entre os oito melhores da competição. Para a Copa do Brasil, é preciso ir um pouco mais longe, talvez chegar numa semifinal”.

Pensamento semelhante tem o goleiro guarapuavano Robson Nascimento. Trabalhando no jovem grupo do PSTC, o arqueiro diz, em entrevista ao CORREIO, que o objetivo de sua equipe é permanecer na 1ª Divisão. Depois, é possível buscar novas metas, inclusive o caneco. “No ano passado, o Toledo conquistou o título do 1º turno e chegou na final do campeonato, os times do interior sempre montam bons elencos”.

Aliás, o time toledano tem como principal atração o ex-jogador Paulo Baier no comando técnico. “É um campeonato rápido, curto. A maior dificuldade, logicamente, é enfrentar os times da Capital”, diz, em entrevista ao DAZN Brasil.

FAVORITOS

Entre os times do Interior, Londrina e Operário Ferroviário (de Ponta Grossa) são aqueles que têm melhor estrutura e são apontados com mais chances de conquistar o título.

No entanto, em 2019, ambos ficaram pelo caminho.

Além deles, em 2020 a disputa tem também Rio Branco SC, FC Cascavel, Toledo EC, Cianorte FC e Cascavel CR.

Londrina (de azul) faz jogo-treino contra o Linense. Equipe do Norte do Paraná tem boa estrutura e é uma das forças do Estado. Mas, em 2019, ficou pelo caminho (Foto: Assessoria/LEC)

TRANSMISSÃO

Ao contrário dos últimos anos, os jogos do Paranaense 2020 não terão transmissão em TV aberta.

Para quem tem acesso a Facebook e YouTube (com aplicativos para celular, tablets, computadores, smartv), o serviço de streaming de esportes DAZN Brasil tem pacote de assinatura para assistir ao vivo a boa parte dos jogos do campeonato.

FÓRMULA

Em 2020, o Campeonato Paranaense será disputado em novo formato. Na 1ª fase, os clubes se enfrentam em turno único. Avança à 2ª fase os oito clubes melhores classificados.

Em seguida, as equipes qualificadas serão divididas em quatro grupos com dois clubes (“A”, “B”, “C” e “D”) e jogarão dentro de seus respectivos grupos em partidas de ida e volta (1ºx8º, 2ºx7º, 3ºx6º e 4ºx5º).

Em seguida, vem a semifinal. Os quatro clubes classificados serão divididos em dois grupos com dois clubes (“E” e “F”) e jogarão dentro de seus respectivos grupos em partidas de ida e volta (vencedor AxB e vencedor BxC).

As duas equipes classificadas farão a grande final, também no sistema de mata-mata.

O Campeonato Paranaense de 2020 dará três vagas para a Série D do Brasileiro de 2021.

REBAIXADOS

Os dois clubes que somarem o menor número de pontos na 1ª Fase (11º e 12º colocados) caem diretamente para a Divisão de Acesso de 2021.

Veja Também