Guarapuava, 15 de setembro de 2019
Segurança

Ele e a esposa, Eviane Sbissigo, morreram após um grave acidente, no km 379 da rodovia no dia 11 de agosto. O empresário estava internado na UTI do Hospital São Vicente de Paulo, mas devido complicações no quadro, faleceu no último domingo (18)

-

O corpo de Marcelo Oliveira, que morreu depois de oito dias internado no Hospital São Vicente de Paulo, em decorrência a um grave acidente na manhã de 11 de agosto na BR 277, foi liberado para o velório e sepultamento na manhã desta segunda-feira (19).

O empresário é a segunda vítima fatal do acidente; Eviane Sbissigo (34 anos), esposa de Marcelo, morreu logo após o capotamento do veículo Hyundai/I30 no km 379 da rodovia. Eles seguiam para Turvo, em comemoração ao Dia dos Pais.

A família autorizou a doação de alguns órgãos de Marcelo, procedimento que levou aproximadamente 12 horas. Na manhã desta segunda, o corpo deu entrada no Instituto Médico-Legal (IML) de Guarapuava, por volta das 10h15.

Segundo informações da Central de Triagem ao CORREIO, o corpo foi liberado para o velório e sepultamento, a partir da tarde de hoje em Turvo.

O horário do velório ainda não está definido, entretanto, vai ser realizado na Capela Mortuária do município. Já o sepultamento ocorre amanhã, a partir das 16h.

O casal deixa duas filhas (7 meses e 10 anos), que também estavam no automóvel no momento do acidente, mas que tiveram ferimentos leves.

Veja Também