Guarapuava, 21 de outubro de 2019
Esporte

Recentemente, o atleta paraolímpico Ezequiel Babes voltou com nova medalha no peito. No último sábado (14), ele participou da categoria V4 masculino da 7ª etapa do Campeonato Paranaense, que foi realizada em Guarapuava. O CORREIO aproveitou para conversar com o multicampeão

-

Prestigiando e participando como mesatenista na categoria V4 masculino da 7ª etapa do Campeonato Paranaense, Ezequiel Babes (46 anos) foi citado diversas vezes como exemplo no esporte durante os jogos realizados no último sábado (14), no Ginásio Municipal de Esportes Joaquim Prestes.

O atleta paraolímpico carrega hoje diversas conquistas no esporte, sendo a mais recente medalha de prata, conquistada nos Jogos Parapan-Americanos de Lima em 2019. “Eu já participei de outros Parapan-Americanos, eu fui campeão em Guadalajara, no México (2011), também fui segundo lugar individual em Toronto (2015) e participei da Paraolimpíada de Londres (2012), então é gratificante você representar o Brasil e trazer mais uma medalha”, declara Babes.

RELAÇÃO ESPORTIVA

Até os 13 anos, a modalidade praticada por ele era o voleibol, ainda no período escolar. Em 2001, o medalhista sofreu um acidente de carro, que trouxe como consequência uma limitação física. Entretanto, o atleta voltou seus esforços para a prática do tênis de mesa, executada há 17 anos.

Em 2005, após muito treinamento, chegou a primeira conquista nacional: Babes foi campeão brasileiro na classe 4 do esporte, e desde então, começou a se dedicar ainda mais para outras conquistas. “A gente teve uma boa preparação nos meses que antecederam e fui focado em jogar o melhor que eu poderia jogar, e eu acho que o resultado foi positivo. Lógico, a gente quer ser campeão, mas é uma competição bem difícil e eu sabia que o atleta que acabou me vencendo na final estava bem preparado também, então eu acho que foi bem positiva a participação”, declara o medalhista sobre a conquista mais recente.

O atleta paralímpico carrega hoje diversas conquistas no esporte, sendo a mais recente medalha de prata, conquistada nos Jogos Parapan-Americanos de Lima em 2019 (Foto: Ágata Neves)

INCENTIVO

Atualmente, o incentivo pelo esporte vem sendo dado por meio de diversas atividades, e isto vem sendo notado pelo medalhista. “Hoje a gente tem escolinhas, a gente tem o ginásio aqui que tem várias mesas novas, tem muitos meninos iniciando no tênis de mesa, então a gente está vendo que está sendo bem positivo essa administração em torno do esporte. Teve vários eventos aqui em Guarapuava, né, esse ano, o que traz um aumento do esporte na cidade”, destaca Ezequiel.

Na etapa do Campeonato Paranaense trazida para Guarapuava, por exemplo, quase 50 dos 332 participantes são guarapuavanos ou jogam representando o município em diversas competições, o que demonstra o crescimento gradativo do esporte local, que tem sido visto com bons olhos pelos atletas e outras pessoas ligadas ao mundo esportivo.

Veja Também