Guarapuava, 23 de outubro de 2019
Esporte

Segundo o presidente executivo Bernardo Feler, o fraco rendimento em campo provocou a saída do antigo comandante, Reginaldo Jandoso, o Piá. O novo professor estreia neste domingo (15) na Taça FPF Sub-23, contra a equipe da Cidade Alta

-

A trajetória de Reginaldo Jandoso, o Piá, à frente do comando técnico do Batel se encerrou nesta semana. O treinador não resistiu à fraca campanha na Taça FPF Sub-23.

Segundo o presidente executivo batelino Bernardo Feler, o rendimento em campo pesou na saída de Piá e de seu auxiliar técnico Alan Souza. “A situação é muito simples: precisamos da vitória, e ela não está vindo. Perdemos cinco jogos, empatamos um e uma vitória”.

Assim, em comum acordo, ficou sacramentada a saída de Piá. “E o nosso professor Ademir [Ferreira] assumir a posição de técnico e tocar e ver o que vai acontecer”, diz Feler, confiante em vitórias diante de Apucarana Spots e Nacional, nos últimos jogos do Batel no 2º turno da Taça, para obter a tão sonhada classificação à grande final.

Aliás, Ademir Ferreira era o diretor de futebol do Rubro-Negro da Baixada. Com licença A da CBF, ele já trabalhou em clubes na Ásia e no Brasil.

Ferreira começou seu trabalho na função de treinador do Sub-23 do Batel na manhã desta sexta-feira (13 setembro), com sua estreia confirmada para domingo (15) contra o Apucarana Sports.

“O objetivo é vencer as duas partidas. Nós sabemos que o Nacional tem uma pequena vantagem, que é o saldo de gols, mesmo nós vencendo eles lá. Mas nós vamos fazer a nossa parte. Nós vamos buscar os dois jogos, buscando as vitórias necessárias pra almejar os pontos e quem sabe conseguir o título do 2º turno e ter o direito de disputar essa final contra o São José”, afirma o novo treinador.

Lembrando que, segundo o regulamento da Taça FPF, os vencedores de cada turno (em pontos corridos) se classificam para a grande final. O 1º turno foi faturado pelo Independente São Joseense.

CARREIRA

Ademir Ferreira trabalhou nove anos nas categorias de base do Athletico Paranaense. Ele também passou pelo Paraná Clube, onde alcançou o acesso à Série A como preparador físico. Sem contar o mercado asiático, quando alimentou o desejo de migrar para a função de técnico.

Assim, Ferreira fez os cursos de licença B e A da CBF. “Busco esse sucesso que nós tivemos como preparador físico agora nessa área mais técnica”.

O professor conta que gosta de uma equipe com posse de bola e que seja agressiva. Mas ele tem consciência que o tempo de preparação é muito curto para implantar sua filosofia no Batel.

Ferreira começou seu trabalho na função de treinador do Sub-23 do Batel nesta sexta-feira (13), com sua estreia confirmada para domingo (15) contra o Apucarana Sports (Foto: Assessoria/Batel)

APUCARANA

Neste domingo (15 setembro), o Batel recebe o Apucarana Sports no Estádio Waldomiro Gelinski (WG), a partir de 11h. A partida é válida pela 3ª rodada do 2º turno da Taça FPF.

Os ingressos já estão sendo vendidos na Farmácia Trajano Matriz, Pizzaria Bona Bonnye, Barbearia Pedro Barba e na Loja Oficial do Batel localizada (rua XV de Novembro, 7.566, Centro). Na compra do ingresso antecipado na loja oficial do Batel, o comprador ganha 10% de desconto na compra de produtos da loja.

Com 3 pontos nessa fase, é fundamental para o Rubro-Negro conquistar mais três pontinhos e não se afastar do líder Nacional (6 pts), que folga neste fim de semana.

No sábado (14), Foz do Iguaçu e Independente São Joseense se enfrentam no Estádio ABC, na Fronteira do Estado. Enquanto o Azulão está com zero pontos, a equipe de São José dos Pinhais já somou 3 pts.

Veja Também