Motoristas de aplicativo fazem protesto nesta quarta (3), em Guarapuava

Após adiamento da paralisação do último sábado (27), o protesto ocorreu nesta quarta-feira (3), quatro dias depois, na Praça da Fé. No entanto, os aplicativos de transporte continuaram funcionando normalmente

Motoristas de aplicativos realizaram nesta quarta-feira (3), na Praça da Fé, em Guarapuava, uma manifestação contra os baixos valores cobrados pelas empresas de transporte individual e, também, em apoio aos caminhoneiros, que protestam contra o preço dos combustíveis.

A Associação dos Motoristas de Aplicativos de Guarapuava (Amag) havia planejado a ação para o último sábado (27 fevereiro). Mas, com o novo decreto municipal, que pôs em prática medidas mais restritivas contra o avanço da Covid-19, a entidade decidiu adiar a paralisação dos serviços de transporte.

Em entrevista ao CORREIO, Obadias Souza, representante da Amag, explica que esse protesto foi menor do que o planejado anteriormente.

“É uma pequena paralisação perto do que nós íamos fazer anteriormente. É só para ter uma visibilidade, mas a próxima, em que pretendemos paralisar todos os carros mesmo, fica para depois do decreto”, afirma.

A adesão à paralisação, de fato, não foi tão grande no município nesta quarta. O CORREIO verificou que, no horário do protesto, motoristas estavam disponíveis.

**********Reportagem: Carlitos Marinho, com supervisão de Douglas Kuspiosz