Com mais de 700 empresas atendidas, programa EMPRIME completa 6 meses transformando o empreendedorismo guarapuavano

Para organizar e canalizar os esforços do programa, foram criados 4 eixos de ação, gerando uma rede com 15 projetos em várias frentes dentro das necessidades do empreendedor, fomentando o empreendedorismo, e que, ao mesmo tempo, constrói novas iniciativas e prepara o futuro dentro do município

Em atividade desde o início de Julho, o programa EMPRIME surgiu da visão conjunta da Prefeitura de Guarapuava e SEBRAE colocando em foco o papel do empreendedor na busca de soluções para os desafios atuais e futuros, provocando a retomada econômica.

Para organizar e canalizar os esforços do programa, foram criados 4 eixos de ação, gerando uma rede com 15 projetos em várias frentes dentro das necessidades do empreendedor, fomentando o empreendedorismo, e que, ao mesmo tempo, constrói novas iniciativas e prepara o futuro dentro do município.

No eixo Simplifica, os projetos Simplifica Leis e Simplifica Fórum, voltados a desburocratização do processo de abertura de empresas, permitiram a adaptação da legislação municipal e mais de 260 atividades foram liberadas da exigência de alvará.

Mereceu destaque especial a união da Agência do Empreendedor com o D’Início, departamento de abertura de empresas, que atuou para fomentar e facilitar a abertura de novos empreendimentos.

Já no eixo Fortalece, que visa fortalecer segmentos, setores e empreendimentos, foram atendidas 240 empresas nos projetos Fortalece Mulher, Fortalece Retomada, Fortalece Alimentos e Fortalece Varejo. “O papel do eixo Fortalece, principalmente do Fortalece Retomada, foi extremamente importante no auxílio para empresas que estavam em dificuldades. Muitas empresas que surgiram no período de pandemia, precisaram da nossa ajuda e, ainda, empresas conseguiram reestruturar seus negócios e colocar planos de ação em prática, graças ao projeto, então é muito gratificante”, conta a coordenadora do Programa Emprime, Ana Cláudia Klosouski Andrade.

Com objetivo de fomentar créditos, reduzir juros e dar auxílio financeiro o eixo Fomenta, liberou R$ 1.125.000,00 no projeto Fomenta Paraná, atendendo 155 empresas. No projeto Crédito SCG, foram atendidas 114 empresas, com a injeção de 4 milhões na economia local.

Por fim, o eixo Inova, que busca inovar em tecnologia em projetos de inovação e ecossistemas, disponibilizou 312 mil reais para subsídios de projetos às empresas, com o Inova Inside. Já no Inova Journey foram atendidas 157 empresas, e através do Inova Park estão incubadas no Celeiro de Inovação do Cilla Tech Park , 3 startups.

“Hoje podemos afirmar que o Emprime cumpriu seu objetivo em 2021 e auxiliou muitas empresas nesse ano truculento que passamos. Para 2022 estamos reestruturando, além de novos eixos e projetos, políticas públicas para incentivo aos pequenos negócios que auxiliarão ainda mais na melhoria do Ambiente Empresarial e crescimento da economia”, concluiu Ana Cláudia.