Clássico ‘Maus’ é visto por dentro em livro de Art Spiegelman

Em pré-venda no Brasil pelo selo Quadrinhos na Cia, “Metamaus” reúne entrevistas e material inédito sobre a famosa graphic novel que ganhou o Prêmio Pulitzer em 1992

Produzida por Art Spiegelman entre 1986 e 1991, “Maus” se tornou um clássico contemporâneo dos quadrinhos, ao transformar a maneira como enxergamos a literatura, os quadrinhos e o Holocausto. Trata-se de um relato sobre Auschwitz e um acerto de contas do artista com o pai. Única história em quadrinhos a receber o Prêmio Pulitzer.

Agora, os leitores têm a oportunidade de ver por dentro essa HQ. O selo Quadrinhos na Cia (da editora Companhia das Letras) está em pré-venda de “Metamaus” (tradução de Érico Assis), livro em que Spiegelman retorna a sua graphic novel famosa. A nova obra reúne entrevistas e material inédito.

Segundo o selo, “Metamaus” vai a fundo nas perguntas que “Maus” tem evocado ao longo do tempo – Por que o Holocausto? Por que ratos? Por que quadrinhos? – e nos fornece um documento essencial sobre a gênese deste romance gráfico que tem encantado gerações.

O livro inclui ainda um DVD com “Maus” em versão digital, incluindo links para um vasto arquivo de áudios (em inglês) com entrevistas entre Art Spiegelman e seu pai sobrevivente dos campos de concentração, documentos históricos e uma grande variedade de cadernos de anotações e esboços do autor.

“Para os fãs de ‘Maus’ e para todos aqueles que amam quadrinhos, ‘Metamaus’ é um clássico em si, envolvente, dinâmico, uma reflexão poderosa sobre os caminhos que levam uma história íntima e traumática a se tornar ficção”, diz o selo da Companhia das Letras.

Capa da edição brasileira (Foto: Reprodução)

ENTENDA
“Maus” (“rato”, em alemão) é a história de Vladek Spiegelman, judeu polonês que sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz, narrada por ele próprio ao filho Art. O livro foi publicado em duas partes, a primeira em 1986 e a segunda em 1991. No ano seguinte, o livro ganhou o prestigioso Prêmio Pulitzer de literatura.

Desde que foi lançada, tem sido objeto de estudos e análises de especialistas de diversas áreas – história, literatura, artes e psicologia.

Nas tiras, os judeus são desenhados como ratos e os nazistas ganham feições de gatos; poloneses não-judeus são porcos e americanos, cachorros. Esse recurso, aliado à ausência de cor dos quadrinhos, reflete o espírito do livro: trata-se de um relato incisivo e perturbador, que evidencia a brutalidade da catástrofe do Holocausto.

AUTOR
Art Spiegelman nasceu em 1948, em Estocolmo, Suécia. Filho de sobreviventes de um campo de concentração, estudou nos Estados Unidos, onde, com dezesseis anos, iniciou sua carreira de desenhista de quadrinhos. Foi ilustrador e capista da revista New Yorker durante dez anos e é cofundador e editor da revista Raw, famosa publicação de quadrinhos e artes gráficas de vanguarda.

Seus desenhos e gravuras foram exibidos em galerias e museus pelo mundo todo. Entre as honrarias que recebeu por Maus estão o prêmio Pulitzer e indicações para o prêmio do National Book Critics Circle.

Página da HQ (Foto: Reprodução)

SERVIÇO
O livro “Metamaus” (356 páginas, 15,8 x 3 x 23 cm) está em pré-venda a R$ 259,90, em média. O lançamento está previsto para 1º de julho.