Secretaria de Agricultura de Guarapuava reúne moradores da comunidade de Mato Dentro para iniciar projeto de construção de poço artesiano

Projeto é uma parceria da Prefeitura de Guarapuava com o Governo do Estado, por meio da Sanepar, e a própria comunidade, para garantir a execução da obra

Nesta terça-feira (11), a Secretaria de Agricultura apresentou aos moradores da comunidade Mato Dentro, distrito de Guairacá, o planejamento da construção de um poço artesiano, em razão da estiagem e da falta d’água nas propriedades rurais.

O projeto é uma parceria da Prefeitura de Guarapuava com o Governo do Estado, por meio da Sanepar, e a própria comunidade, para garantir a execução da obra.

“É uma comunidade que tem por volta de 50 famílias e a escassez da água está cada vez maior, então, existe a possibilidade de a Prefeitura fazer essa rede de abastecimento e atender todas as pessoas, para poderem utilizar em casa e nos afazeres do dia a dia”, explica o secretário de Agricultura, Itacir Vezzaro.

O Governo do Estado, através da Sanepar, ficará responsável pela perfuração do solo, além de disponibilizar o material para a rede de abastecimento. Como pré-requisito, os moradores devem formar uma associação que será responsável pelo gerenciamento das instalações e uso do poço.

O agricultor Paulo Zvzikoski conta que nesse período de estiagem a família tem ido buscar água em um local distante da propriedade. “Nem sempre a água está em boas condições de uso e muitas vezes têm pouca quantidade. Então, se esse projeto do poço artesiano der certo, vai ser a melhor coisa para a comunidade e não vamos precisar ficar preocupados com a falta de água”, defende.

Ao todo, serão construídos 12 poços artesianos até 2024. Destes, um já está perfurado e funcionando na comunidade de Morada Nova, outros três serão perfurados agora no mês de janeiro e mais oito estão em processo de licitação. Além de Mato Dentro, devem ser contempladas as comunidades de Banhados, Faxinal dos Fiúzas, Assentamento Rosas e Bananas (no Guará), entre outras.