Guarapuava, 15 de novembro de 2019
Esporte

O Rubro-Negro da Baixada se despediu do Campeonato Paranaense da Segunda Divisão 2019 neste domingo (23 junho). A próxima competição será a Taça FPF Sub-23, com início agendado para 28 de julho

-

O sonho de retornar à elite do futebol paranaense terminou para o Batel neste domingo (23 junho), em Francisco Beltrão.

A derrota para o CE União (1 a 0) deixou o representante guarapuavano em 3º lugar no Grupo C, ao final da 2ª fase do Campeonato Paranaense da Segunda Divisão. Somente os dois primeiros colocados (União e Apucarana) estão classificados para as semifinais; na outra chave, PSTC e Prudentópolis conseguiram as duas vagas.

Em entrevista à rádio Cultura, logo após o final do jogo contra o União, o presidente executivo do Batel, Bernardo Feler, fez um balanço positivo da participação rubro-negro na temporada 2019 do futebol profissional. “Eu estou conseguindo transformar o nome Batel em uma marca e um time de seriedade. Até então, era conhecido somente como um time de má gestões”.

Segundo o cartola, o Rubro-Negro da Baixada tem se tornado uma marca conhecida em todo o Paraná. “Isso me deixou muito feliz, porque realmente é um trabalho que venho fazendo”.

Inclusive, ele conta que muitos clubes fizeram propostas para gerenciar equipes de outras cidades. “Eu falei que ‘não’. O Batel e Guarapuava são a minha paixão”. Lembrando que Feler é um empresário carioca de sucesso, com negócios nos Estados Unidos, e que começou a comandar o Batel em 2018.

Nessa conversa com a Cultura, o presidente executivo anunciou que pretende continuar à frente do Rubro-Negro, mesmo que esteja sozinho no projeto. “Vou transformar o Batel num time poderoso”, prometendo que o título de campeão virá um dia para Guarapuava.

Como vocês já me conhecem, eu vou dizer que o Batel vai ser campeão no Sub-23. É o meu objetivo. Não sou um homem de derrota

- Bernardo Feler

SUB-23

A próxima competição a ser disputada pelo Batel é a Taça FPF Sub-23, com estreia marcada para o dia 28 de julho. O Rubro-Negro viajará até a Fronteira para enfrentar o Foz do Iguaçu FC.

Diferentemente da Segundona, essa competição envolve apenas atletas nascidos entre os anos de 1996 e 2003. A competição terá início em 28 de julho e a previsão é de término em 13 de outubro. Além de Batel e Foz, o certame conta com a participação de Independente, Nacional e Apucarana.

As equipes se enfrentam em turno e returno entre os dias 28 de julho e 29 de setembro. O melhor colocado de cada turno está classificado para a final. As duas equipes se enfrentam nos dias 6 e 13 de outubro para definir o campeão. Caso a mesma equipe vença os dois turnos, será declarada campeã. Os jogos serão realizados aos domingos, às 11h.

“Como vocês já me conhecem, eu vou dizer que o Batel vai ser campeão no Sub-23. É o meu objetivo. Não sou um homem de derrota”, avisou Bernardo Feler, nessa mesma entrevista para a rádio Cultura.

O empresário Bernardo Feler é presidente executivo do Batel (Foto: Arquivo/Correio)

BALANÇO

Com os resultados em campo da última rodada, a segunda fase da Divisão de Acesso 2019 terminou com o PSTC em 1º lugar (13 pontos) e o Prudentópolis em 2º (7 pts), no Grupo B; e CE União na 1ª posição (12 pts) e Apucarana Sports na 2ª (10 pts), no Grupo C.

Em sua chave, o Batel terminou em 3º lugar, com 7 pontos; e o Rolândia Esporte Clube (REC), em 4º lugar, com 5 pontos. E, do outro lado, o Nacional, em 3º, com 7 pts; e o Independente São Joseense, em 4º, com 6 pts.

Assim, as semifinais já estão definidas: PSTC x Apucarana; União x Prude. Segundo a Federação Paranaense de Futebol (FPF), as datas e horários desses jogos serão divulgados pelo Departamento de Competições da Federação Paranaense de Futebol no início desta semana.

Veja Também