Cotidiano

Voos comerciais devem iniciar operação no 2º semestre, diz prefeito

O sonho de voar do guarapuavano está perto de voltar a se tornar real no aeroporto Tancredo Thomas de Farias. Pelo menos, nas viagens comerciais entre Guarapuava e Campinas, pela Azul Linhas Aéreas. As obras de adequação do terminal de passageiros e da pista devem terminar ao final de julho, garante o prefeito Cesar Silvestri Filho. Ele visitou as obras na última quarta-feira (10), durante trajeto com profissionais da imprensa local. No tradicional aeroporto, é construído um novo saguão (o antigo será demolido) e está em curso a melhoria da pista de pouso e decolagem. “É importante ressaltar que toda a parte de adequação da pista e terraplanagem tem sido feito com investimentos da Prefeitura. Em seguida, aguardamos o repasse de recursos de emendas parlamentares por parte do governo do Estado”, explicou o prefeito. Mas o grande trunfo do projeto é a participação da iniciativa privada. Segundo Cesar Filho, empresários guarapuavanos se envolveram integralmente com a construção do novo terminal de passageiros. “São doações de empresas locais que acreditam no projeto e permitem que a obra seja feita de forma rápida e sem nenhum custo para a Prefeitura”. img_5866 Pista de pouso e decolagem passa por uma grande intervenção AZUL Para que a Azul possa iniciar suas operações aéreas, o velho aeroporto precisa dessas obras de readequação, principalmente no quesito segurança. Afinal, são normas da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). “Este é mais um passo para garantir a oferta de voos comerciais em Guarapuava. Estamos trabalhando para que a Azul possa operar no próximo semestre em nossa cidade e, em parceria com empresários da cidade, estamos fazendo as adequações”, acrescenta o prefeito. A princípio, os voos ofertados serão na linha Guarapuava/Campinas (SP), em voos diários. PREVISÃO Após a conclusão das obras em julho, o aeroporto passará por um processo de fiscalização e auditoria capitaneado pela Anac. Assim que houver a homologação, a Azul já manifestou o interesse em iniciar imediatamente a operação comercial. “O que espero que aconteça ainda no segundo semestre deste ano”, finaliza o prefeito. Texto: Cristiano Martinez Fotos: Assessoria PMG