Guarapuava, 23 de maio de 2019
Política

Rodrigo Estacho (PV), eleito com 43.088 votos, foi uma das surpresas nas últimas eleições. Primeiro representante de Turvo (PR) na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), ele diz que pretende ‘olhar por todas as demandas’ do estado

-

Desde o dia 1° de fevereiro, pela primeira vez em sua história, o município de Turvo (PR) possui um representante na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Eleito pelo Partido Verde (PV) com um total de 43.088 votos, Rodrigo Estacho ganhou popularidade com seu trabalho como youtuber no canal “Zuera News”.

Apesar disso, o deputado estadual não acredita que os paranaenses irão misturar o seu trabalho como humorista com a função de legislador. “Acredito que as mídias sociais são um importante meio de comunicação para que a população entre em contato comigo”, disse.

Mesmo tendo quase 40 anos de história, essa foi a primeira vez que o município conseguiu emplacar um nome na Assembleia. Estacho acredita que isso pode ser determinante para o desenvolvimento da região, principalmente através de novos investimentos.

“A região ainda precisa de muito investimento para continuar seu desenvolvimento, e espero ser o canal entre a população turvense e o Governo do Estado para que, cada vez mais, possam ser enviados recursos”, afirmou o deputado.

Eleito em meio a uma onda de renovação da política - na Alep, por exemplo, os deputados de primeira viagem são mais de 40% -, Estacho descreve o momento político como esperançoso. “Precisamos acreditar na mudança e que, se trabalharmos muito, vamos melhorar o país e garantir um futuro promissor para as nossas crianças”, diz.

A seguir, confira os principais trechos da entrevista.

Eleito em meio a uma onda de renovação da política, Estacho descreve o momento político
como esperançoso (Foto: Ilustrativa/Alep)

Qual foi a sua motivação para entrar na política?

A partir do meu trabalho como professor e, posteriormente, na internet, como youtuber, tive a oportunidade de visitar muitos lugares e de conhecer a realidade de perto. Então, senti a necessidade de fazer algo a mais para ajudar a população do Paraná. Depois de muita reflexão, decidi me candidatar a deputado estadual.

O seu trabalho no “Zuera News” será mantido?

Com certeza. Minha principal responsabilidade é com meu cargo de deputado estadual. Preciso honrar e respeitar cada um dos meus eleitores. Mas isso não significa que vou parar com meus trabalhos de youtuber. Encontrarei algum tempo livre para continuar produzindo vídeos e outros conteúdos na internet.

Como foi o seu primeiro mês de trabalho na Alep?

Foi de adaptação e aprendizado. Como estou em meu primeiro mandato, ainda não conhecia bem o funcionamento da Casa e não tinha uma equipe de assessores montada. Procurei profissionais capacitados para cada setor, minuciosamente, pessoas novas na política com anseios de mudança, assim como eu. Além disso, nesse primeiro mês nos dedicamos a estudar e ouvir as demandas da população. No momento, estamos trabalhando em alguns projetos de lei que pretendemos dar encaminhamento já neste mês de março.

Nesse sentido, em quais áreas pretende focar o seu trabalho?

Antes de mais nada, pretendo desenvolver meu trabalho com extrema responsabilidade, seriedade e honestidade. Esses são os três pilares do meu mandato. A partir disso, pretendo olhar por todas as demandas do estado.

Por conta da última eleição, houve uma renovação de aproximadamente 44% dos parlamentares. Então, fico otimista em ver que a política está mudando, que novas pessoas estão participando do processo eleitoral e trazendo consigo ideias diferentes, mais modernas e, além disso, representando demandas da população que estava esquecida há muito tempo

Falando em demandas, o senhor pretende representar toda a região de Turvo?

Sem dúvidas é muito importante que o deputado dê atenção especial ao seu local de origem, no meu caso, o município de Turvo. Apesar disso, o dever e a responsabilidade do deputado estadual são com todo o estado e com toda a população paranaense. Mesmo porque, as leis que criamos e votamos na Alep são de âmbito estadual e, consequentemente, influenciarão na vida de todas as pessoas do Paraná, sem qualquer distinção.

O senhor pretende permanecer na política nos próximos anos?

Enquanto eu puder fazer coisas boas pela população do Paraná, espero continuar na política. Quanto às futuras candidaturas, prefiro pensar no presente e tentar fazer um bom trabalho agora.

Neste primeiro mês de trabalho, o senhor optou por alguma comissão?

Sim. Decidi participar das comissões de Educação, Turismo e Cultura, e de Defesa dos Direitos da Juventude.

Qual foi a primeira impressão que o senhor, que veio de fora da política, teve dos deputados?

Na Alep, assim como na maioria dos lugares, tem muitas pessoas boas, com ótimas ideias. Logicamente há algumas exceções. Por conta da última eleição, houve uma renovação de aproximadamente 44% dos parlamentares. Então, fico otimista em ver que a política está mudando, que novas pessoas estão participando do processo eleitoral e trazendo consigo ideias diferentes, mais modernas e, além disso, representando demandas da população que estava esquecida há muito tempo.

Por fim, gostaria que o senhor falasse sobre a importância e a atuação do PV.

Quando decidi entrar na vida política, foi o PV quem acreditou em mim e me abriu as portas para concorrer ao cargo. Acredito que o partido tem diretrizes que se adequam a esse novo momento político paranaense e brasileiro, com projetos modernos e que objetivam o progresso da sociedade.

Veja Também