Guarapuava, 12 de dezembro de 2019
Economia

O Prêmio Nacional do Turismo tem como objetivo identificar, reconhecer e premiar iniciativas de destaque do turismo e profissionais que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do turismo no país

-

Entre mais de 150 iniciativas de todo o Brasil selecionadas para o Prêmio Nacional do Turismo, Guarapuava está como finalista em duas categorias: Melhoria do Ambiente de negócios e atração de investimentos, com o programa Guarapuava Turística 2026; e Turismo de Base Local, com o projeto Caminho de São Francisco.

Na cerimônia de premiação, dia 4 de dezembro, em Belo Horizonte (MG), o Ministério do Turismo irá entregar os troféus de 1º, 2º e 3º lugar.

“Já estamos entre os melhores do país, agora vamos torcer pelo 1º lugar”, comemorou o vice-prefeito e secretário de Turismo e de Obras, Itacir Vezzaro, afirmando que o reconhecimento nacional mostra que, juntas, a administração municipal e a iniciativa privada, entidades e associações transformaram o turismo de Guarapuava em uma atividade econômica. “Temos um planejamento consistente e eficiente com o programa Guarapuava Turística 2026, com ações para dez anos. Os projetos estão consolidados e, independente dos futuros gestores municipais, Guarapuava será uma cidade turística organizada e receptiva, com geração de emprego e renda no segmento, beneficiando toda a cadeia produtiva, das famílias de pequenos produtores aos empresários”, garantiu.

O Prêmio Nacional do Turismo, promovido em parceria com o Conselho Nacional de Turismo, tem como objetivo identificar, reconhecer e premiar iniciativas de destaque do turismo e profissionais que tenham inovado ou trabalhado de forma proativa para o desenvolvimento do turismo no país. Serão 11 categorias premiadas: Fortalecimento da Gestão Integrada e Descentralizada do Turismo; Gestão de Dados e Monitoramento no Turismo; Sensibilização, Qualificação, Certificação e Formalização no Turismo; Aproveitamento do Patrimônio Cultural para o Turismo; Aproveitamento do Patrimônio Natural para o Turismo; Turismo de Base Local; Produção Associada ao Turismo; Turismo Social; Tecnologia no Turismo; Marketing e Comercialização do Turismo; Melhoria do Ambiente de Negócios e Atração De Investimentos.

PROGRAMA

O programa Guarapuava Turística 2026 foi implantado em 2017, quando o vice-prefeito Itacir Vezzaro assumiu a Secretaria de Turismo. É composto dos seguintes projetos:

Caminhos do Malte: incentivo à produção, certificação de cervejarias artesanais e comercialização do produto, valorizando Guarapuava como Capital Paranaense da Cevada e do Malte;

Caminho de São Francisco da Esperança: rota que oferece turismo rural, religioso e gastronômico, proporcionando renda extra aos produtores familiares do Distrito do Guairacá.

No final do trajeto, os visitantes são presenteados com o Salto São Francisco, com 196 metros de altura;

Caminhos da Fé: apresenta a rota de igrejas históricas das diversas religiões, capelinhas, além de três santuários católicos, como o da Divina e Trina Ternura, único no mundo;

Turismo de Aventura: atende o segmento que mais cresce no município. Entre matas, cachoeiras, rios e lagos, são desenvolvidas diversas atividades, da caminhada ao rapel, do ciclismo a tirolesa e muito mais;

Visite e descubra Guarapuava: apresenta os vários roteiros para que os guarapuavanos conheçam e tenham ainda mais orgulho da cidade, aprimorando o atendimento aos turistas;

Região Serrana do Paraná: promove a integração regional para que Guarapuava e outros municípios da terra dos pinheirais apresentem suas etnias e belezas naturais.

Veja Também