Região

Parceria viabiliza obra na Rodovia João Maria de Jesus, em Turvo

Cida Borghetti assinou protocolo de intenções com a Ibema, fabricante de papel com sede no município da região central do Paraná. O Estado reduz o ICMS cobrado da indústria e ela utilizará os valores na recuperação da rodovia
(Foto: Orlando Kissner/ANPr)

A governadora Cida Borghetti e a diretoria da empresa de papel Ibema assinaram nesta quinta-feira (5) um protocolo de intenções para recuperação total da Rodovia João Maria de Jesus, que liga a PR 466 ao distrito de Faxinal do Boa Vista, em Turvo, na região central do Paraná, onde está a sede da companhia. O investimento previsto na obra é de R$ 40 milhões.

A pavimentação do trecho de 22 quilômetros será fruto de uma parceria entre a empresa, a Prefeitura de Turvo e o Governo do Paraná. A obra beneficiará cerca de quatro mil pessoas que residem no distrito de Faxinal da Boa Vista e os 500 trabalhadores da indústria. Cerca de 40 caminhões circulam pelo trecho diariamente, além dos ônibus que transportam os funcionários da Ibema.

Cida ressaltou a importância da parceria entre o governo e o setor privado para o desenvolvimento do Estado. “Esta ação é um grande exemplo de como a união de esforços traz resultados positivos. A melhoria nesta estrada vai facilitar a logística para que os caminhões possam acessar com segurança a indústria, além de garantir mais segurança no deslocamento das pessoas que vivem aqui”, disse a governadora. “A Ibema faz parte de uma cadeia importante para o desenvolvimento, geração de oportunidades, emprego e renda”, afirmou.

ACORDO

O governo do Estado formalizou um acordo com a Ibema Papelcartão, pelo qual o Estado reduz o ICMS cobrado da indústria e, em contrapartida, ela utiliza esses valores na recuperação da rodovia. Ao Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER-PR) cabe a aprovação do projeto executivo e fiscalização da obra.

De acordo com o diretor Administrativo-Financeiro da Ibema, André Leal, o projeto será executado em um período de até sete anos, dependendo da capacidade de débito de ICMS da empresa. “A melhoria vai garantir segurança para aqueles que nos prestam serviço, para os nossos colaboradores e para a população que está no entorno da fábrica”, disse. “A infraestrutura também permite aumentar a capacidade de produção e destravar investimentos”, ressaltou.

Além da pavimentação, o projeto prevê implantação de sinalização, construção de acostamento em alguns trechos, drenagem, construção de uma rotatória (trevo de acesso) que liga a PR 466 à rodovia, e duplicação de uma ponte.

MAIOR OBRA

O prefeito de Turvo, Jerônimo do Rosário, disse que a arrecadação anual do município é igual ao valor da obra, por isso a prefeitura não teria condições de executar sozinha o projeto na rodovia municipal. “É uma das maiores obras da nossa região, que vai beneficiar uma indústria que gera em torno de 500 empregos diretos e um distrito onde vivem 4 mil pessoas”, disse. “Vai dar segurança de trafegabilidade para todos os moradores, escoando a produção da Ibema e de toda esta região, que tem produção agropecuária e de reflorestamento”, explicou.

PRESENÇAS

Participaram da solenidade o secretário da Infraestrutura e Logística, Abelardo Lupion; o presidente do Conselho da Ibema, Fábio Martins, e o diretor técnico, Fernando Sandri; os deputados estaduais Pedro Lupion, Alexandre Curi, Bernardo Carli e Marcio Pauliki; e o prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho.