Guarapuava, 21 de fevereiro de 2020
Esporte

Surpreendendo os times da Capital, a Serpente Aurinegra é a líder, com 15 pontos em seis rodadas. Já na parte debaixo da tabela de classificação, o PSTC Procopense amarga a lanterninha, com seis derrotas em seis jogos

-

Em 2019, o Toledo surpreendeu e conquistou a Taça Barcímio Sicupira Júnior (1º turno). Em 2020, é a vez do FC Cascavel.

Quase sempre, os times da Capital (Paraná Clube, Coritiba e Athletico-PR) faturam o título do Campeonato Paranaense. Mas as equipes do Interior também aprontam.

A edição 2020 do Paranaense tem a Serpente Aurinegra na ponta de cima, liderando com 15 pontos em seis rodadas. O clube do Oeste está à frente do Coritiba (14 pts), em 2º lugar; Athletico (10 pts), na 5ª posição; e do Paraná (6 pts), em 8º.

Aliás, outros dois times interioranos estão bem colocados: Operário Ferroviário (13 pts), na 3ª posição; e Rio Branco SC (11 pts), 4ª.

Nas primeiras rodadas da competição, a liderança chegou a ficar nas mãos da equipe de aspirantes do Athletico. Mas, depois, as coisas mudaram para o Furacão, que oscilou e hoje não está mais com essa bola toda.

Inclusive, os rubro-negros se tornaram a vítima mais recente do veneno cascavelense, no domingo (9), em Cascavel, no Estádio Regional Arnaldo Busatto.

Além de vencer o Athletico Paranaense pela primeira vez, a Serpente Aurinegra coloriu o Estádio Olímpico Regional de amarelo e preto e bateu recorde de público: 13.443 torcedores.

O JOGO

O gol na partida entre FC Cascavel e Athletico só saiu aos 41 minutos do 2º tempo, mas antes disso não faltou emoção. Ainda na 1ª etapa, Oberdan acertou a trave do goleiro athleticano. Do outro lado, o goleiro Raul também fez defesas importantes para o FC Cascavel.

Nos últimos 45 minutos, a Serpente foi mais ofensiva e teve outra chance que também parou na trave, dessa vez em chute de Quaresma.

Depois dos 20 minutos do 2º tempo, o técnico Marcelo Caranhato fez mudanças importantes na equipe: Adenilson, Henrique e Tocantins deram lugar a Paulo Baya, Lucas Douglas e Magno, aumentando o poder ofensivo.

Aos 41, o camisa 20 Magno encheu o pé e balançou as redes, garantindo a vitória e o topo da tabela para a Serpente Aurinegra, que agora soma 5 vitórias seguidas e 15 pontos conquistados. Placar final: FC Cascavel 1x0 Athletico Paranaense.

“A gente construiu essa história bonita até esse momento por uma superação, um comprometimento de todos. A gente não desiste nunca, até a última bola. Sabemos que estamos fazendo história no clube. É a maior sequência de vitórias desse time, somos líderes do campeonato, o time que mais cria chances de gol e menos oferece chances ao adversário. Ou seja, um time muito equilibrado, e é por isso que lideramos a competição", afirmou o técnico da Serpente.

O próximo desafio do FC Cascavel no Campeonato Paranaense é contra o Rio Branco, fora de casa, no sábado (15) às 16 horas.

REBAIXAMENTO

Com nenhum ponto conquistado até aqui, o PSTC Procopense é um sério candidato ao rebaixamento.

Após seis rodadas, a equipe de Cornélio Procópio está na lanterninha, com seis derrotas.

O Paranaense 2020 é de tiro curto. Segundo o regulamento, os dois clubes que somarem o menor número de pontos na 1ª fase, ocupando a 11ª e 12ª colocação da classificação geral da competição, descenderão ao Campeonato Paranaense de Futebol Profissional da 2ª Divisão na Temporada 2021.

Veja Também