Guarapuava, 24 de abril de 2019
#curta!

Pela primeira vez, o famoso grupo de humor Monty Python tem sua trajetória contada em uma edição em português e feita por um autor brasileiro. Nesta quinta-feira (7), Thiago Meister Carneiro lança ‘A História (Quase) Definitiva de Monty Python’

-

Quase 50 anos após o surgimento do Monty Python, apareceu o primeiro livro em português e escrito por um brasileiro sobre a história desse famoso grupo de humor. Mas calma que o Thiago Meister Carneiro não demorou cinco décadas para produzir o material. Na verdade, o jornalista de 36 anos de idade nem era nascido quando a série “Monty Python’s Flying Circus” estreou na TV britânica.

Carneiro só foi conhecer os quadros desse programa ao final dos anos de 1990 (mais precisamente em MCMXCVI, que é “1996” em algarismos romanos), em uma reprise na TV a cabo. Bastou isso para mudar sua vida. Para melhor, dizem por aí.

A fascinação pelo humor do Monty Python era tão grande que o curitibano radicado em Guarapuava resolveu pesquisar sobre a trupe. Mas havia poucas informações em português. Assim, Carneiro tomou pra si a tarefa de produzir material em nossa língua e divulgar na internet. Em 16 de fevereiro de 2013, ele criou o site “O Ministro do Andar Tolo” (CLIQUE AQUI).

No entanto, o jornalista sentia necessidade de se aprofundar ainda mais no universo pythonesco, pois a cada momento ele descobria novas informações sobre o grupo. Somente um livro poderia resolver a situação. Por isso, há cinco anos, Carneiro começou a desenvolver sua pesquisa e, em 2018, finalizou a obra “A História (Quase) Definitiva de Monty Python” (ed. Viseu).

“Porque site é aquela coisa: quanto menos texto, melhor”, diz o autor, em entrevista ao CORREIO. Segundo ele, o formato do livro permite um conteúdo mais aprofundado e amplo. A partir dos anos de 2013/2014, o pesquisador começou a reunir o material que seria utilizado no futuro livro. Aliás, ele notou naquela época que não havia uma obra impressa em português e feita por um brasileiro sobre o Monty Python. “Taí a minha porta aberta”, explicando que o fã pythonesco dispõe de poucas fontes de pesquisa em terras tupiniquins.

Nesta quinta-feira (7 fevereiro), Carneiro lança oficialmente “A História (Quase) Definitiva de Monty Python”, uma obra inédita que supre a ausência de bibliografia sobre a trupe britânica no mercado nacional. A noite de autógrafos será na Gato Preto – Discos e Livros (rua Azevedo Portugal, 1.362), a partir de 18h30, com entrada gratuita.

Livro de Thiago Carneiro é fruto de cinco anos de pesquisas (Foto: Douglas Kuspiosz/Correio)

COLABORAÇÃO

Para tornar possível a publicação de seu livro, o autor lançou mão de uma campanha de financiamento coletivo na internet em 2018. Durante um período de tempo, qualquer pessoa pôde colaborar financeiramente com o projeto no site Catarse, posteriormente recebendo em troca “recompensas” (brindes) e, claro, o livro impresso.

Carneiro avalia como uma “experiência maravilhosa”. “Vou fazer uma ‘denúncia’: a campanha que a gente faz no Catarse (e dá certo) atiça a gente pra fazer mais campanhas”, adiantando que podem surgir novos livros sobre o Monty Python.

Mas um dos principais saldos da campanha de financiamento foi confirmar a grande base de fãs pythonescos no Brasil.

ESTILO

Para falar de um grupo notabilizado pelo humor fora de série, o autor Thiago Meister Carneiro tentou emular o estilo pythonesco na escrita do livro, mas sem deixar de lado o rigor da pesquisa e a correção das informações. “Não fazer uma coisa pythonesca, pois poderia assustar o leitor que não tem tanta intimidade com o assunto”, destacando que também não queria fazer algo tão sério e acadêmico. “Eu dosei um pouquinho de cada”.

Ao final do processo de escrita, o jornalista chegou à versão final, que ficou do jeito que ele queria: capítulos curtos, linguagem direta e narrativa em 1ª pessoa. “Eu tenho mania de ler no ônibus, no trajeto casa/trabalho. Assim, eu gosto de capítulos pequenos e pensei no leitor que vai ler no ônibus”.

Radicado em Guarapuava, Carneiro é jornalista e mantém desde 2013 um site especializado
no mundo do Monty Python (Foto: Douglas Kuspiosz/Correio)

ENTENDA

O grupo de humor Monty Python surgiu em 1969 com a junção dos seguintes comediantes: John Cleese, Terry Jones, Michael Palin, Terry Gilliam, Eric Idle e Graham Chapman. A trupe é muito conhecida no Brasil por filmes como “Em busca do cálice sagrado” (1975).

Um dos sonhos de Thiago Carneiro é de que o seu livro chegue às mãos dos integrantes ainda vivos (Chapman faleceu em 1989). “Eu estou trabalhando nessa ideia”, diz.

SERVIÇO

Para quem não participou da campanha do Catarse, o livro “A História (Quase) Definitiva de Monty Python” (2018) está à venda no site da Carneiro Verde (CLIQUE AQUI) e, em Guarapuava, na Gato Preto – Discos e Livros (rua Azevedo Portugal, 1.362).

 

*********Versão em vídeo da entrevista:

Veja Também