Guarapuava, 13 de outubro de 2019
Política

A proposta, de autoria da vereadora Prof. Terezinha (PT), será apreciada novamente nesta terça-feira (8 outubro), e precisa de maioria simples para ser aprovada; depois, texto vai para sanção do prefeito Cesar Silvestri Filho

-

O projeto que cria o programa “Parada Segura” em Guarapuava foi aprovado em primeira votação na noite desta segunda-feira (7 outubro). Com apoio de 10 parlamentares, texto será apreciado novamente nesta terça (8), e precisa de maioria simples para passar na Câmara de Vereadores. 

Durante a discussão, o veterano Élcio José Melhem (PP) argumentou que um parecer técnico de um PL semelhante havia apontado que apenas o Executivo poderia legislar sobre o transporte coletivo do município. 

Em resposta, a vereadora Prof. Terezinha (PT), autora do projeto, afirmou que a proposição visa a inserção de mais um artigo na Lei Municipal n° 1.203/2002, que já sofreu outras alterações por motivação do Legislativo. 

“Eu peço essa reflexão: se já foram aprovadas essas visões de como nós podemos melhorar o transporte coletivo na nossa cidade, e aprovadas por vereadores, por óbvio nossa proposição tem o mesmo sentido”, disse a petista no plenário.

Durante a votação, foram contrários à proposta os vereadores Élcio José Melhem (PP), Vardinho (DEM), Celso Costa (Cidadania), Márcio Carneiro (Cidadania), Germano Toledo Alves (PR), Samuca (Cidadania), Danilo Dominico (PSD) e Marcelinho (DEM).

Veja Também