Guarapuava, 13 de dezembro de 2019
Cotidiano

Em sua 4ª edição, o curso realiza a inclusão de idosos no mundo da tecnologia

-

Utilizar aplicativos de conversas, escrever mensagens, gravar áudios, capturar e enviar fotos.

Essas e outras inúmeras funções do celular foram ensinadas para 100 idosos, que cursaram as aulas da oficina de smartphone, oferecida pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social.

A formatura foi nesta quinta-feira (18 julho), na sala multiuso da Faculdade Guairacá. “Agora posso mandar mensagens para a família, receber e tirar fotos! Antes eu não sabia nada de celular e agora sei uma porção de coisas. Eles tiveram tanto carinho e paciência ao me ensinar, quero voltar na próxima edição”, elogiou a aposentada de 66 anos, Ivanir Prestes Siqueira.

Em sua 4ª edição, o curso realiza a inclusão de idosos no mundo da tecnologia. “Quero parabenizar a todos, pelo esforço de cada um! Nosso propósito é a inclusão social, é maravilhoso ver essa abertura de vocês para mudar aquilo que ainda não sabem. Esta é a melhor idade, que busca aprender, se desenvolver e está feliz, vivendo bem”, destacou o secretário de Assistência e Desenvolvimento Social, Ari Marcos Bona, ao discursar na entrega dos certificados para a turma.

(Foto: Secom)

AULAS

A oficina para maiores de 50 anos teve aulas nos turnos da manhã e tarde. Orientados no uso de aplicativos e redes sociais, os idosos também recebem acompanhamento individual por monitores da equipe da Celepar. “Mostramos uma ferramenta e para eles é um novo mundo. É gratificante ver a ansiedade deles em aprender mais”, declarou o instrutor da Celepar, Luiz Carlos de Lima.

Em parceria com a Celepar, a oficina de smartphone para idosos faz parte do programa Ativa Idade. Novas turmas já estão previstas para setembro, com inscrições gratuitas e certificação.

Mais informações pelo telefone (42) 3623-7995.

Veja Também