Guarapuava, 24 de junho de 2019
#curta!

Proponentes têm até as 17h50 do dia 29 de julho para se inscrever via SisProfice. Recursos são para longas-metragens, telefilmes, curtas-metragens e jogos eletrônicos

-

Estão abertas as inscrições para o edital Nº 01/2019 de Produção e Desenvolvimento de Obras Audiovisuais, realização da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura em parceria com a Agência Nacional de Cinema (Ancine).

O valor soma R$ 10 milhões – R$ 2 milhões aportados pelo Governo do Estado e R$ 8 milhões pelo Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).

Confira o edital completo AQUI.

“Foi um esforço não só da Superintendência da Cultura, mas também de outros setores do Governo do Estado, como a Secretaria da Fazenda, Casa Civil e Procuradoria-Geral, tudo para garantir esses recursos que vão fomentar a indústria do audiovisual paranaense”, destacou a superintendente de Cultura do Paraná, Luciana Casagrande Pereira.

O lançamento do edital foi anunciado no sábado (08) durante o Fórum de Cinema realizado na Cinemateca de Curitiba.

Os recursos serão destinados para a seleção de seis longas-metragens (ficção, documentários ou animação), seis telefilmes (documentários com temáticas paranaenses), sete curtas-metragens (ficção ou documentário), dois curtas-metragens (animação) e dois jogos eletrônicos. O edital também inclui a tipologia de desenvolvimento de projeto em que serão contempladas oito propostas de obra seriada documentário e telefilme e quatro de obra seriada de ficção, animação e longa-metragem.

NOVIDADES

As tipologias de jogos eletrônicos e de desenvolvimento de projetos são novidades deste edital. De acordo com a técnica da Coordenação de Ação Cultural e Economia Criativa, Priscila Pacheco, a Cultura já investia em setores de produção, como os longas, telefilmes e curtas, que continuam recebendo recursos com crescimento dos investimentos.

“Agora a gente inova trazendo outras tipologias, como desenvolvimento de projetos e jogos eletrônicos, que tem crescido de maneira expressiva no Paraná. Temos muitas pessoas produzindo games e ganhando prêmios”, disse Priscila. Ela acrescenta que o desenvolvimento de projetos vai capacitar produtores paranaenses a criar roteiros e projetos audiovisuais que depois podem acessar recursos não só estaduais, mas federais ou mesmo com investimentos de outros países.

PARTICIPAÇÃO

Nas categorias de curta-metragem, podem concorrer pessoas físicas e jurídicas. Nas modalidades de longa-metragem, telefilme, jogos e desenvolvimento, podem concorrer pessoas jurídicas com fins lucrativos, classificadas na Ancine como agentes econômicos independentes, devidamente registradas no Estado do Paraná há pelo menos 12 meses, a contar da data de lançamento do edital.

Todo o processo de inscrição, habilitação, mérito e acompanhamento será feito de forma online pelo sistema SisProfice.

CONDIÇÕES

O edital traz algumas obrigatoriedades para os proponentes com o objetivo de reforçar o incentivo aos produtores locais, como, por exemplo, a equipe técnica contratada que deve ser composta por, pelo menos, dois terços de profissionais paranaenses ou residentes no Estado há no mínimo dois anos. As filmagens e locações também devem ser preferencialmente realizadas dentro do espaço geográfico do Paraná, gerando emprego e renda diretos e indiretos.

SERVIÇO

Inscrições para o Edital de produção e desenvolvimento de obras audiovisuais

Inscrições: até as 17h50 do dia 29 de julho de 2019

Inscrições: AQUI 

Informações: http://[email protected]

http://www.cultura.pr.gov.br

Veja Também