Guarapuava, 26 de agosto de 2019
Economia

Em julho, Guarapuava sediará o XV Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável. O evento promete movimentar a economia local com a vinda de congressistas e palestrantes de diversas partes do mundo

-

Todos os caminhos levam a Guarapuava. Esta é a expectativa do município em relação a um evento inédito programado para os dias 10, 11 e 12 de julho deste ano.

Pela primeira vez, a famosa “terra do lobo bravo” sediará o Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável. A 15ª edição ocorrerá no Vittace.

Não à toa, o vice-prefeito e secretário de Turismo, Itacir Vezzaro, avalia que o evento tem tudo para ser um divisor de águas em Guarapuava. “Nós vamos mostrar o turismo religioso. Ele envolve uma cadeia toda, porque o turista vai passear, ele precisa do transporte, da alimentação, precisa se hospedar. Mesmo que ele vá passear em um congresso de turismo religioso, tem todo esse processo que acontece”, diz em entrevista a este CORREIO.

Nesse sentido, o secretário destaca que um evento assim é uma oportunidade de negócios para o município, movimentando a roda da economia local. “Guarapuava vai se tornar a vitrine. O Paraná, o Brasil, o mundo inteiro vai enxergar Guarapuava. O município vai se mostrar para o mundo”, afirmando ainda que a cidade poderá mostrar todo o seu potencial turístico.

A expectativa da organização é da presença de cerca de 800 congressistas de várias partes do mundo, pois Guarapuava está estrategicamente localizada na região central do Paraná. Isso representa a possibilidade de conexão com a capital do Estado, a Fronteira do Oeste, o Norte, o Estado de São Paulo.

Hoje em dia, a “terra do lobo bravo” já é a terceira cidade paranaense que mais hospeda turistas, perdendo apenas para Foz do Iguaçu e Curitiba. Um dos desafios da Secretaria Municipal de Turismo é fazer com o que viajante fique mais dias em Guarapuava, aproveitando os diversos tipos de roteiros turísticos existentes.

O turismo religioso é um dos caminhos para atrair novos visitantes ao terceiro planalto paranaense. Estima-se que essa modalidade de passeio movimenta 35 milhões de pessoas no país. Ou seja, é um mercado em potencial para Guarapuava.

O vice-prefeito e secretário de Turismo, Itacir Vezzaro, avalia que o evento tem tudo para ser um divisor de águas em Guarapuava (Foto: Douglas Kuspiosz/Correio)

DIVERSIDADE

Guarapuava é conhecida como uma cidade de maioria católica, tendo em vista a quantidade de igrejas e os dados oficiais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Mas o Congresso de Turismo Religioso e Sustentável prioriza a diversidade religiosa, com programação voltada aos vários segmentos presentes no município. Por exemplo, no segundo dia de evento (11 de julho), está programada uma mesa-redonda inter-religiosa: muçulmanos, evangélicos e budistas.

“O evento é inter-religioso. Vamos ter diversas religiões podendo participar desse congresso”, explica Itacir Vezzaro, frisando que o importante é mostrar como cada corrente religiosa professa sua fé.

IMPACTO

Por enquanto, a Prefeitura de Guarapuava e a Secretaria de Turismo ainda não podem dimensionar o impacto econômico de um evento do tamanho desse Congresso de Turismo Religioso.

Mas o secretário Vezzaro acredita numa grande movimentação em Guarapuava, pois as agências de viagem já estão mobilizadas. É que durante o evento serão realizados roteiros turísticos na região, para apresentar as rotas já consolidadas sobre o município.

“[Os turistas] Vão usar dos nossos serviços e, com isso, voltando e retornando pra casa vão levar Guarapuava consigo e falar com seus parentes e amigos o que é Guarapuava”.

Assim, os viajantes poderão conhecer ao longo do congresso o distrito de Entre Rios, o Salto São Francisco e as atrações religiosas, entre outros.

O Congresso de Turismo Religioso e Sustentável prioriza a diversidade religiosa, com programação voltada aos vários segmentos presentes no município (Foto: Douglas Kuspiosz/Correio)

ROTA

Segundo Vezzaro, a rota Caminhos da Fé está em fase de constituição. Ela é inter-religiosa, com possibilidade de visitação a santuários, a Catedral de Guarapuava, a Mesquita árabe (que depende de agendamento prévio).

O melhor caminho é entrar em contato com a Secretaria de Turismo – localizada na Casa do Imigrante (na av. Manoel Ribas, em frente do Parque das Crianças) – para se informar sobre guias e demais orientações.

ORGANIZAÇÃO

Promovido pela Fundação San José de Campo Mourão, o XV Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável é organizado pela Prefeitura de Guarapuava e pela Secretaria de Turismo do Estado do Paraná.

A coordenação acadêmica do evento ficará a cargo de Ruben Moyano, com a colaboração profissional da equipe técnica que o acompanha.

Nós vamos mostrar o turismo religioso. Ele envolve uma cadeia toda, porque o turista vai passear, ele precisa do transporte, da alimentação, precisa se hospedar. Mesmo que ele vá passear em um congresso de turismo religioso, tem todo esse processo que acontece - Itacir Vezzaro

SERVIÇO

O XV Congresso Internacional de Turismo Religioso e Sustentável será em 10, 11 e 12 de julho, em Guarapuava, no Vittace Centro de Convenções e Eventos.

O Congresso será desenvolvido com diversas atividades, conferências, workshops, mesas de debate, espaço empresarial, espetáculos culturais, degustação de pratos típicos, visitas e excursões. As inscrições estão abertas, mas as vagas são limitadas.

Para mais informações, entre em contato pelo tel. (42) 3621-4506; site oficial (CLIQUE AQUI); e página nas redes sociais (CLIQUE AQUI).

Veja Também