Guarapuava, 17 de outubro de 2019
Cotidiano

Em todo o Brasil, estão sendo feitas ações educativas em torno da Semana Nacional do Trânsito. No caso de Guarapuava, a 6ª Ciretran e outros órgãos deram o pontapé oficial na manhã desta quarta-feira (18), em trabalho desenvolvido na av. Manoel Ribas

-

Excesso de velocidade, uso de celular, falta de cinto de segurança, consumo de bebida alcoólica... boa parte dos motoristas tem um péssimo comportamento quando está na direção de seus veículos.

Por isso, campanhas como a Semana Nacional de Trânsito tem como objetivo conscientizar os condutores para adotar hábitos mais seguros nas vias públicas de todo o Brasil.

Em Guarapuava, a primeira ação dentro do calendário oficial (de 18 a 25 de setembro) ocorreu na manhã desta quarta-feira (18 setembro), na movimentada avenida Manoel Ribas, com distribuição de material de orientação a motoristas que eram abordados numa espécie de blitz educativa.

“Todas as cidades estão envolvidas, todas as Ciretrans”, explica o chefe da 6ª Ciretran, Sergio Kiçula, em entrevista exclusiva ao CORREIO.

Além do Maio Amarelo, segundo ele, todos os anos ocorre essa semana dedicada a ações educativas, como, por exemplo, distribuição de materiais de campanha e a realização de uma simulação de acidente. Este será no sábado (21), às 10h, na esquina das ruas XV de Novembro e Visconde de Guarapuava.

Com apoio do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e IML, Kiçula explica que a simulação terá duas “vítimas” (que não serão reais), sendo uma delas de natureza fatal. O objetivo da ação é causar um impacto nas pessoas. “Conscientizar as pessoas e mostrar a questão do acidente, da periculosidade”.

Aliás, o chefe da 6ª Ciretran explica que o maior índice de acidentes reais se dá pelo excesso de velocidade, seguido do uso de celular ao volante.

JOVENS

A cada mês, cerca de 200 novas habilitações são emitidas em Guarapuava. Segundo Sergio Kiçula, o aumento no contingente de motoristas representa mais pessoas circulando em seus veículos.

Principalmente mais jovens nas ruas. Por isso, ele acredita que é importante trabalhar com a educação de trânsito nessa faixa etária. “Se a gente plantar uma sementinha, e a sementinha brotar, vão ser as futuras gerações que vão transformar o trânsito”.

Não à toa, o Detran de Guarapuava pretende lançar a campanha “Galera, eu passei”, com foco nos jovens que vão fazer a primeira habilitação. A ideia é conscientizar esse público e dar mais tranquilidade para os exames de direção, pois o índice de reprovação é muito alto.

A Semana Nacional do Trânsito é uma realização do Detran, com a parceria de alguns órgãos em cada cidade (Foto: Cristiano Martinez/Correio)

COMPORTAMENTO

Para o secretário municipal de Trânsito e Transportes (Setran), Airson Horst, a Semana Nacional de Trânsito é importante para relembrar aos condutores o comportamento mais adequado nas vias públicas. “Para fazer com que o nosso trânsito tenha mais qualidade e mais segurança”.

Ele cita, por exemplo, que os hábitos perigosos na direção estão ligados à falta de cinto de segurança e ao excesso de velocidade. Mas o principal deles é a desatenção, que está relacionada principalmente ao uso do celular enquanto os motoristas conduzem seus veículos pelas ruas de Guarapuava.

“Temos muitos acidentes hoje em Guarapuava por invasão de preferencial. E quando você invade uma faixa preferencial, só tem uma justificativa: você estava muito desatento para não perceber a sinalização”, destacando que o manuseio do aparelho de telefone minutos antes de chegar à via preferencial, tira o foco da direção.

REALIZAÇÃO

A Semana Nacional do Trânsito é uma realização do Detran, com a parceria de alguns órgãos em cada cidade. É o caso da Setran de Guarapuava, da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, IML, entre outros.

Ação educativa na av. Manoel Ribas contou com distribuição de material (Foto: Cristiano Martinez/Correio)

PROGRAMAÇÃO

A Semana Nacional de Trânsito já promoveu, em Guarapuava, um passeio ciclístico no dia 14 de setembro, com apoio do Colégio Lobo; e ação educativa na avenida Manoel Ribas, nesta quarta-feira.

Na sexta-feira (20), ocorrerá uma blitz educativa, às 9h, na PR 466, em frente ao posto da Polícia Rodoviária Estadual.

No sábado (21), às 10h, está programada uma simulação de acidente na XV de Novembro.

Já na segunda-feira (23), às 14h, tem uma ação educativa em parceria com portadores de deficiência do Pinhão, na avenida Trifon Hanysz, Centro de Pinhão.

E, no dia 25, a Semana Nacional fecha com uma ação educativa com a distribuição de materiais informativos, às 15h, em frente ao Barracão dos Presentes (na av. Moacir Julio Silvestri).

Veja Também