Esporte

Batel tem novo presidente a partir desta sexta-feira (13)

Segundo a assessoria de comunicação do Batel, o trabalho continua o mesmo, sem afetar o andamento das atividades
Tradicional campo do Estádio Waldomiro Gelinski (Foto: Cristiano Martinez/Correio)

Recém-nomeado secretário municipal de Saúde na gestão Cesar Silvestri Filho, o bioquímico e empresário Celso Góes deixa a presidência da Associação Atlética Batel (AA Batel). Em seu lugar, o vice Graciliano Ribeiro assume nesta sexta-feira (13) a gestão do rubro-negro da Baixada.

"Renunciei ao cargo de presidente do clube para me dedicar as novas funções que me foram atribuídas na administração municipal. Ser secretário de uma pasta tão importante como a saúde é um desafio e requer muita dedicação. Fizemos um bom trabalho no clube, que com certeza será mantido pela próxima presidência", disse Góes, via assessoria.

A troca de comando ocorre num momento de turbulência interna. A reportagem do CORREIO apurou que ocorreu atraso no pagamento do salário de março dos jogadores rubro-negros. Tem-se a informação que o valor deveria ter sido acertado no quinto dia útil deste mês de abril.

A diretoria batelina alegou que o atraso é de apenas três dias, afirmando que tudo será regularizado.