Guarapuava, 15 de December de 2018
Esporte

Até a próxima sexta-feira (7 de dezembro), o técnico batelino Dudu Sales comanda os treinos no Estádio Waldomiro Gelinski, antes da parada de fim de ano. Os trabalhos em campo retomam em janeiro

-
Treino de sexta-feira (30) (Foto: Cristiano Martinez/Correio)

A Associação Atlética Batel (AA Batel) entra nesta semana em seu último período de treinos antes da parada de fim de ano. Sob o comando do técnico Dudu Sales, o clube forma nesse momento uma base de jogadores para o Campeonato Paranaense da Segunda Divisão de 2019.

O grupo mescla atletas do Sub-19, do profissional (remanescentes de 2018) e aqueles garimpados na Clínica de Futebol (promovida em meados de novembro último). Segundo o treinador, esse plantel não deve ter muitas mudanças. “A gente está no caminho certo com essa base”, disse, em entrevista ao CORREIO. “Agora, é trazer jogadores pra fortalecer o elenco”, destacando que o time “dará trabalho” aos adversários em 2019.

Ele está contente com o desempenho do elenco nos treinos realizados diariamente nas dependências do Estádio Waldomiro Gelinski (WG). Na última sexta-feira (30 de novembro), a reportagem acompanhou a parte final do trabalho e conferiu o gol marcado por um dos “Meninos da Baixada”.

Aliás, Dudu afirmou que haverá um grande aproveitamento dos jovens rubro-negros que disputaram o Campeonato Paranaense Sub-19 deste ano.

TRABALHOS

Com 25 jogadores sob seu comando, Dudu Sales coordena os treinos (físico, tático e técnico) em campo até a próxima sexta-feira (7), quando ocorrerá uma parada de final de ano.

A comissão técnica retorna aos trabalhos no início do ano que vem, com grandes expectativas em relação ao novo gerente de futebol, cujo nome continua guardado a sete chaves; mas que promete ser “quente”.

Já as atividades com os jogadores devem ocorrer somente a partir de 21 de janeiro. “De 70 a 75 dias de trabalho”, calcula o treinador em relação ao tempo antes da estreia do Batel na Segunda Divisão. O arbitral da Federação Paranaense de Futebol (FPF) está previsto para janeiro; mas o campeonato deve começar em meados de abril.

O técnico Dudu Sales comanda os treinos diários do Batel no WG

CLÍNICA

Entre 12 e 23 de novembro deste ano, o Batel promoveu a sua 1ª Clínica de Futebol, com avaliação (física e técnica) dos atletas de categorias de base e profissional.

Ao final do período, o técnico Dudu Sales garimpou sete jogadores: Thiago (Sub-23), João Pedro (Sub-23), Reinaldo (Sub-19), Johan (Sub-19), Breno (Sub-17), Gilson (Profissional) e Emanoel (Profissional).

Passada essa seletiva, o processo de avaliação continua em uma nova etapa, junto com o grupo formado até o momento no Batel. “Os sete ainda não estão certos no clube”, disse o comandante batelino, acrescentando que é preciso acompanhar o desenvolvimento dos novos atletas.

Em janeiro de 2019, quando retornam os trabalhos da comissão técnica e dos atletas, será definido quem fica em definitivo no grupo que disputará a Segundona.


Veja Também