Guarapuava, 20 de agosto de 2019
Cotidiano

Assim, os cargos de diretor/vice-diretor do Santa Cruz, em Guarapuava, terão duas chapas concorrentes: “Dialogar, Construir e Agir” (com Christine Vargas Lima e Carlos Alberto Kühl), que representa a situação; e “Unicentro Viva” (Edgard Cesar Melech e Alessandro de Melo), na oposição

-

O bate-chapa nas eleições 2019 da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro) ocorrerá em todos os campi (Santa Cruz, Cedeteg e Irati).

Nesta segunda-feira (12 agosto), a Comissão Eleitoral (Coel) divulgou o edital 003/2019, que apresenta o resultado da análise de recursos em relação à chapa “Unicentro Viva” (concorrente à Direção do campus Santa Cruz).

Segundo o documento, a proposta composta por Edgard Cesar Melech e Alessandro de Melo teve sua inscrição deferida.

Assim, os cargos de diretor/vice-diretor do Santa Cruz, em Guarapuava, terão duas chapas concorrentes: “Dialogar, Construir e Agir” (com Christine Vargas Lima e Carlos Alberto Kühl), que representa a situação; e “Unicentro Viva” (Edgard Cesar Melech e Alessandro de Melo), na oposição.

Já no campus Cedeteg, são duas chapas: “Dialogar, Construir e Agir” (Ricardo Y. Miyahara e Aline Marques Genú); e “Unicentro Viva” (José Raniere Mazile Vidal Bezerra e Emerson Carraro).

E, no campus de Irati, bate-chapa entre “Dialogar, Construir e Agir” (Andrea Nogueira Dias e Adriana Queiroz Silva); e “Unicentro Viva” (Raquel Dorigan de Matos e Carlos Magno de Sousa Vidal).

REITOR

Pela segunda vez seguida, as eleições na Unicentro terão bate-chapa para o cargo de reitor/vice-reitor.

De um lado, está a chapa “Dialogar, Construir e Agir”, com Fábio Hernandes (atual diretor do campus Cedeteg) e Ademir Juracy Fanfa Ribas (diretor do campus Santa Cruz). Do outro, “Unicentro Viva”, composta pelos nomes de Carlos Alberto Ferreira Gomes (ex-reitor da instituição) e Mariléia Gartner (professora do Departamento de Letras de Irati).

Pela sua ligação ao atual grupo que comanda a Unicentro, é possível dizer que Fanfa Ribas integra uma chapa que representa a situação. Já Gartner foi candidata de oposição na eleição passada, quando Aldo Nelson Bona e Osmar Ambrósio de Souza venceram a eleição.

No primeiro semestre deste ano, Bona abdicou do cargo para assumir a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior no governo Carlos Massa Ratinho Junior. Desse modo, Souza assumiu o cargo de reitor, tendo Vitor Hugo Zanette (ex-reitor) no cargo de vice.

CAMPANHA

Conforme o edital 004/2019, a propaganda eleitoral somente está liberada a partir desta quarta-feira (14 agosto), com término no próximo dia 16 de setembro.

Quanto à votação, o edital 001/2019 define que a data será em 19 de setembro.

O mandato será de quatro anos para aqueles que tiverem seus nomes confirmados nas urnas.

REITOR

Em entrevista ao CORREIO, o atual reitor Osmar Ambrósio de Souza avisou que, por opção própria, decidiu não concorrer a cargos nas eleições deste ano na instituição. “Devo não assumir cargo nenhum e voltar a ser professor”.

Veja Também