Esporte

Apesar de fazer boa partida, Batel perde na estreia da Segundona

O gol foi marcado ainda no primeiro tempo pelo jogador Caique do Atlético Clube Paranavaí. Com resultado negativo, a equipe guarapuavana ocupa a última colocação na tabela da Segunda Divisão do Campeonato Paranaense de Futebol
(Foto: Rádio Cultura)

A Associação Atlética Batel (AA Batel) começou com o pé esquerdo sua participação na Segunda Divisão do Campeonato Paranaense de Futebol, perdendo por 1 a 0 para o Atlético Clube Paranavaí (ACP), o “vermelhinho”. O jogo foi na tarde deste domingo (11), no estádio Waldemiro Wagner, casa do adversário. Mesmo com chuva, 586 torcedores foram ao jogo. 

O gol da partida saiu ainda no primeiro tempo, na marca dos 23 minutos, com o jogador Caique, do ACP. O técnico Marcelo H. do Ó conseguiu dar mais solidez defensiva à equipe batelina, que se segurou e conseguiu ser superior aos donos da casa na segunda etapa. 

"No primeiro tempo tivemos um bom controle e tomamos um gol muito cedo, falhando num lance que treinamos muito. Buscamos o nosso gol, e vamos tentar ter mais efetividade no próximo jogo", disse Ricardinho ao fim do jogo para a Rádio Cultura. 

Apesar do resultado adverso, o técnico Marcelo H. do Ó disse ter gostado da atuação do Batel. "Dominamos o Paranavaí dentro da casa deles. Os meninos foram bem e tenho certeza que vamos fazer um bom campeonato", disse. 

PRIMEIRO TEMPO

O jogo começou debaixo de chuva no estádio Waldemiro Wagner, com boa participação ofensiva das duas equipes. O primeiro tento saiu na altura dos 23 minutos, com o jogador Caique do ACP. 

Ainda na metade inicial da partida o técnico Marcelo H. do Ó decidiu reorganizar a defesa colocando o zagueiro Gustavo e o lateral-direito Josimar, que deram mais solidez defensiva para a equipe batelina, que passou a jogar de igual para igual.

SEGUNDO TEMPO

Na etapa final do jogo, o rubro-negro da baixada começou a dominar as ações da partida, tendo mais efetividade no ataque, principalmente no setor esquerdo de defesa do “vermelhinho”.

Mas, o principal problema dos guarapuavanos foi a falta de criatividade nas jogadas. Marcelo H. do Ó ainda lançou Baiano aos 25 minutos, mas foram poucas as bolas que chegaram até ele.

As melhores chances foram pelo lado esquerdo, com boa participação de Josimar e do atacante Russo.

Antes de terminar o jogo ainda teve uma polêmica: após um cruzamento de Ricardinho, a bola bateu na mão de um dos defensores do ACP, mas o juizão ignorou o lance. 

RODADA

A rodada da segundona ainda teve o PSTC empatando em 1 a 1 com a Portuguesa Londrinense; o Independente de São José dos Pinhais venceu o Cascavel Clube Recreativo por 3 a 2; O Iraty SC empatou com o Rolândia em 2 a 2; o Operário FEC, um dos favoritos aos título, venceu o Clube Andraus Brasil por 2 a 1. 

Com o resultado o Batel está na última colocação (10°), fora da zona de classificação para a próxima fase.

O próximo jogo da equipe batelina será em casa, no estádio Waldomiro Gelinski, contra o Clube Andraus Brasil, na quarta-feira (14), às 16h30.